• dom. set 24th, 2023

Avião que caiu no AM estava carregado com itens de pesca esportiva, dizem moradores

ByCandido News

set 17, 2023

O avião de pequeno porte que caiu em Barcelos, no interior do Amazonas, estava carregado com itens de pesca esportiva. Segundo o Governo do Amazonas, das 14 pessoas morreram – 12 eram turistas brasileiros que estavam a caminho da cidade para pescar no Rio Negro.

O avião é um Embraer EMB-110 “Bandeirante” , com capacidade de até 18 passageiros, da empresa ManausAerotáxi. Ele foi fretado pelo grupo de turistas. Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a situação da aeronave era “regular”.

Barcelos é conhecida pelo ecoturismo e é um dos principais destinos para pesca esportiva no Brasil. Atualmente, a cidade está em alta temporada da atividade, que acontece entre os meses de setembro e fevereiro do ano seguinte.

Moradores revelaram à Rede Amazônica que ajudaram a retirar os corpos do local do acidente e que, dentro do avião, havia diversos itens usados para a prática de pesca esportiva.

O g1 teve acesso a lista de passageiros da empresa ManausAerotáxi. Entretanto, a Segurança Pública do Amazonas afirmou que só poderá confirmar os nomes das vítimas após o Instituto Médico Legal (IML) realizar perícia nos corpos.

Os corpos foram levados para um ginásio da cidade e estão “devidamente acondicionados”, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP). Um avião da FAB seguirá para Barcelos para a realização da perícia neste domingo (17).

Ainda não se sabe quais foram as causas da queda do avião. O mau tempo da região pode ter contribuído para o acidente. Segundo a Defesa Civil, chovia forte no momento da queda. No mesmo dia, duas aeronaves que iriam pousar na pista de Barcelos cancelaram a aterrissagem por questões de segurança.

O Secretário de Segurança Pública do Amazonas, Coronel Vinícius Almeida, disse que, embora ainda não se tenha dados conclusivos sobre o que ocorreu, segundo relatos de moradores, “a aeronave chegou a aterrissar, mas não teve pista suficiente para frear”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *